Ananews
ananindeua.pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A

Notícias

Ananindeua tem em seu novo modelo de Rede de Saúde um case de sucesso

De um total de 77 Unidades da Rede de Saúde, 54 unidades já passaram por reformas de requalificação estrutural

06/02/2024 09h54
Por Klyvia Soares (SESAU)

Doutor Daniel Santos, Prefeito de Ananindeua, na inauguração do CERTEADesde 2021, a Prefeitura de Ananindeua definiu um plano com metas ousadas para a saúde, que seria reformar 15 ou mais unidades de saúde por ano, o que significaria que, em quatro anos todas as Unidades pertencentes a Rede de Saúde (UBS'S, Policlínicas, Hospitais e Centros) seriam entregues totalmente revitalizadas.

Até agora, de um total de 77 Unidades da Rede de Saúde, 54 unidades já passaram por reformas de requalificação estrutural, faltando apenas 23 para entregar neste ano, que estão com obras em andamento. E várias outras adequações, reformulações e modernizações foram feitas para humanizar o atendimento.

SESAU trabalhando a saúde da famíliaSeguindo o modelo de Saúde da Família, a Secretaria de Saúde de Ananindeua (SESAU) precisou redimensionar as ESFs - Equipes de Saúde da Família, com a realização de um concurso público (001/2022) e de processos seletivos para incrementar as equipes compostas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde.  

A diretora técnica da SESAU, Sâmia Borges, exalta o trabalho da saúde no município. “O redimensionamento e a qualificação das equipes de saúde foram passos fundamentais para essa nova fase em que vivemos na saúde do município. Antes do concurso, muitas equipes não eram completas. Nomeamos mais de 100 médicos e reorganizamos os agentes comunitários de saúde, para que houvesse a possibilidade de fazer a cobertura total de pessoas por micro áreas". 

Unidades Básicas de Saúde (UBS) atendendo a populaçãoComo porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS), as Unidades Básicas de Saúde (UBS) devem oferecer uma diversidade de serviços como: consultas de enfermagem, médicas e de saúde bucal, distribuição e administração de medicamentos, vacinas, curativos, visitas domiciliares, entre outros. Hoje são 132 ESFs atuando no município, compostas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e cirurgião-dentista, dentro do território de Ananindeua. Sendo que 2 equipes completas atendem comunidades tradicionais (ribeirinhas, quilombolas e migrantes indígenas Waraos).

Após o controle da Pandemia em 2021, o município realizou um investimento de mais de R$1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais) em informatização, integrando a rede por meio do prontuário eletrônico, descentralizando o E-Sus e agilizando os atendimentos e marcações de exames.

“Para isso, também equipamos as equipes de Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) que ainda receberam 'Tablets' para facilitar o cadastro dos usuários e ampliar os atendimentos. Com ações relevantes, a Gestão comemora e aperfeiçoa o desempenho que vem conquistando e os resultados em números crescentes”, disse a diretora técnica, Sâmia Borges.

'Mãe Ananin' foi criado para fortalecer a Política de Atenção Materno InfantilAlém disso, as atividades voltadas para programa de prevenção e promoção da saúde foram intensificadas. O Programa 'Mãe Ananin' foi criado para fortalecer a Política de Atenção Materno Infantil, criando critérios para que as gestantes fizessem o acompanhamento do pré -natal de forma integral.

A atenção primária do município encontra-se hoje fortalecida, com instrumentos para que possa haver um trabalho 100% desenvolvido. As equipes saúde da família, após todo investimento realizado em qualificação e estrutura física e humana, contam com equipamentos, estrutura e logística que possibilitam atenção aos pacientes que necessitam de atendimento domiciliar adequado.

A titular da pasta da Saúde, Dayane Lima,fala sobre como a Rede de Saúde de Ananindeua vem se destacando no ranking do Previne Brasil.A secretária municipal de saúde, Dayane Lima, ressalta a importância de ações itinerantes que ampliam o atendimento nos bairros. Depois de ouvir os anseios dos usuários, para atender aquele cidadão ou cidadã que trabalha o dia inteiro, e só tem tempo livre à noite, foi criado o 'Corujão da saúde' e, então, os horários de atendimento dos serviços foram estendidos, ocasionalmente, para o período noturno.

Também foi implantado o Programa “Saúde todo o dia”, abrindo as portas das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) aos finais de semana. E, com uso de unidades móveis, vários atendimentos foram levados aos bairros, atendendo milhares de pessoas.

"Hoje, aqui no município de Ananindeua, o nosso trabalho é pensado na garantia de conseguir 100%  na cobertura da atenção primária da Estratégia Saúde da Família, que é a grande responsável pelos cadastros, e acompanhamento da população prioritária nos indicadores de saúde, no direcionamento de complexidades, por fim, dar garantia de atendimento digno e humanizado para a população de Ananindeua ", conclui a titular da SESAU, Dayane Lima.